Falar ou não falar? Eis uma das minhas grandes questões. E imagino que eu não seja o único.  Permitir que as palavras deem acesso a terceiros sobre os sentimentos parece tão fácil para algumas pessoas, mas para mim não é.

Sorrir e dizer que está tudo bem, apesar de não ser a melhor solução, parece muito menos trabalhoso e cansativo do que tentar explicar o que realmente se passa dentro de mim. E nessas horas surgem duas vozes, uma que defende as barreiras que você cria, e outra que implora para você se expresse e exponha seus sentimentos:

– Vamos lá, coragem! Essa é a hora de se defender e mostrar quem você é!

– Mas…

– O que pode acontecer de ruim? Essas pessoas te amam e devem te conhecer como você é. Permita que elas entendam como você se sente e entenda que nem sempre precisamos estar de bom humor e prontos para ajudar. Permita que vejam suas feridas e te enxerguem como um ser humano. Deixem que te apoiem, pelo menos uma vez!

– Sim, mas… e se… mas é que se eu começar a falar… deixa pra lá.

Abstract Illustration GIF by Emanuele Kabu

E quanto mais a gente não fala, maior se torna a barragem de palavras que não foram colocadas pra fora. E maior fica âncora que nos empurra pro isolamento, mesmo rodeado de pessoas. Não é que você não confie neles, não é que você não entenda o que está acontecendo, mas algo está ali presente, te prendendo e te impedindo de falar. Talvez o medo de incomodar, ou de ser mal compreendido, ou de não saber colocar em palavras especificas, mas sim em sentimentos. São tantas as variáveis que até chegar o momento de falar, esse momento já passou.

illustration rain GIF by HARA

Entre o risco de se queimar com as palavras ditas ou o risco de se afogar pelas não ditas, qual você escolhe? Eu decidi tentar dar braçadas mais fortes e permitir o risco do fogo à passividade das águas calmas. Porque do jeito que está, só tá calmo para os outros… e uma tempestade para mim.

Sentimentos precisam ser expressados e merecemos que os outros entendam como reagimos. Vamos diminuir essas barragens juntos.