Não sei vocês, mas eu ando cheia de dificuldade de engrenar nas minhas leituras. Quando eu entrei na faculdade minha média era de 5 livros por mês, isso sem contar com os textos da faculdade. E sim, eu tinha vida social, inclusive mais movimentada que a de agora.

Eu sei que vou sooar velha criticando a geração Y ou Z, sei lá qual é a minha, mas recentemente a tecnologia anda inimiga da minha concentração. Passo horas do meu dia arrastando o dedo na tela de feed infinito. Sei de tudo que acontece no BBB mesmo sem assistir o programa, conheço mini receitas de 10 segundos que parecem incríveis mas que eu nunca conseguiria repetir e perco muito tempo com videos de pessoas mexendo em massinhas e areias coloridas. Falei desse problema aqui.

Bom, depois que eu percebi que andei perdendo muito tempo com distrações inúteis, resolvi retomar meus hábitos de leitura, e vim, por meio deste, trazer uma lista de livros deliciosos e curtinhos que cabem numa ida e volta ao centro de metrô indo pro trabalho ou nos poucos minutos antes de adormecer, ao invés do celular.

Caso você não tenha problemas em engatar as leituras, fiz uma lista mais específica em outro post, sobre livros incríveis escritos por mulheres pra gente valorizar sempre o trabalho feminino <3

O velho e o Mar – Hernest Hemingway

Resultado de imagem para o velho e o mar

É um dos clássicos da literatura mundial e é um livro curtinho. Forte e muito inspirador, a história desse pescador ecoou na minha cabeça por muito tempo, mesmo depois do livro ter acabado. Se você quer uma leitura gostosa, intensa e pratica, eis aqui minha indicação para você!

As parceiras – Lya Luft

Resultado de imagem para as parceiras lya luft

Esse aqui é sobre a história de duas amigas, e muito mais que isso. Eu conheci no ensino médio, uma excelente professora o leu em sala e nos mostrou os incríveis nuances da literatura. Dois anos depois, eu estava na Livraria da Travessa esperando um date chegar e ele estava atrasado. Avistei o livro e, como era curto, o li. Quando o rapaz do encontro chegou eu estava aos prantos e esse livro foi nosso primeiro assunto.

Ficou curioso? Passa na livraria mais próxima de você, folheie as paginas e leve-o com você!

Morangos Mofados – Caio Fernando Abreu

Resultado de imagem para morangos mofados

Uma amiga que cursou Letras me disse uma vez que os cults e intelectuais não gostam do Caio Fernando Abreu. Fiquei desapontada mas não surpresa, sendo sincera, não é raro pra mim discordar com intelectuais esnobes (rs). Enfim, o livro é dividido em duas partes, O Mofo e Os Morangos. Primeiro uma amargura só, contos da podridão que é o fim dos amores e depois, a doçura deles, os morangos.

Na época, eu o li junto de um amigo. Ele tinha acabado de ter o coração partido por um rapaz que morava longe e eu o meu, por um rapaz que morava perto. Devoramos o mofo juntos, numa choradeira só e horas no telefone. Os morangos consumimos aos poucos, enquanto tentávamos juntar nossos pedaços e seguir em frente pra voltar a acreditar. Tenho muito carinho por esse livro.

Sejamos Todos Feministas – Chimamanda Ngozi Adichie

Resultado de imagem para sejamos todos feministas

Esse livro foi recomendação de uma colega do meu trabalho foi quem me deu esse livro e eu o li quando fui lanchar naquele mesmo dia. Que leitura deliciosa. Faz a gente repensar preconceitos, principalmente com o termo “feminista”. Inclusive, é uma boa dica pra dar de presente! O livro é baratinho mas é muito rico.

Histórias de Cronópios e de Famas – Julio Cortázar

Resultado de imagem para de cronópios e famas cortázar

Sobre esse livro te proponho um trato: Se você o ler e entender, me fala que a gente marca uma cerveja e você me explica, se você ler e não entender nada, eu te pago uma cerveja e te explico o pouco que eu consegui. É um livro muito diferente do que eu estava acostumada quando o li, mas o efeito dele foi de agonia e maravilhamento meu. Fiquei chocada com todas as possibilidades que a narrativa do Cortázar criava. Inclusive, o Cortázar é o escritor que inspirou o diretor Michelangelo Antonioni em Blow Up com o conto “As Babas do Diabo”. Esse conto está no livro “As armas secretas”, que eu recomendo também :)

Chegamos ao fim desta breve lista de indicações de livros que eu tenho quase certeza que vocês vão adorar! Não são livros difíceis, enormes e em compensação vão te fazer viajar por outros mundos e historias! Espero que gostem e não esqueçam de nos contar o que acharam!