Verãozão, né, galera? Praia, carnaval, etc… Mas vamos ser sinceras, às vezes tudo o que a gente quer num dia de sol é… ficar em casa no ar condicionado curtindo uma sériezinha pra fugir do calor. É por isso que eu resolvi escrever esse post com as minhas dicas de três séries com protagonistas femininas pra assistir enquanto curte um ar condicionado e um sorvetinho no conforto de casa.

As séries que eu escolhi para indicar nesse post se destacaram dentre todas as séries que eu assisti em 2017, principalmente pelas personagens principais, que são todas mulheres complexas e bem diferentes. São séries de gêneros completamente distintos, mas que têm em comum essas protagonistas fortes e muito bem desenvolvidas. 

A primeira série que eu indico para ver nessas férias é a produção canadense-americana Alias Grace, que foi baseada no romance, inspirado em fatos reais e de mesmo nome, da autora Margaret Atwood. A série conta a história de Grace Marks, uma imigrante irlandesa jovem e pobre que trabalha como empregada no Canadá do século XIX e acaba sendo condenada pelo assassinato do seu patrão e da governanta da casa onde trabalhava.

Com seis episódios repletos de mistério e um certo nível  de thriller psicológico, eu assisti tudo em apenas um dia. O roteiro é super bem estruturado e cheio de elementos que me deixaram completamente presa à história, maluca pra saber o desenrolar e a conclusão do mistério de Grace Marks. Além de uma história muito boa, a série tem uma produção à altura e uma fotografia maravilhosa. Fora que a atuação da Sarah Gadon, que interpreta Grace Marks, tá completamente impecável e me deixou completamente arrepiada. Então se você curte um mistério, Alias Grace é a série pra você.

Minha segunda dica de série é pra você que, assim como eu, ama um romance histórico bem dramático. Esse ainda tem direito a viagem no tempo, tramas políticas e um assassinato ou outro. Se você se animou com essa descrição, então Outlander é a série pra você. A história começa quando Claire, interpretada por Caitriona Balfe, vai passar a lua de mel com seu marido, Frank, em Inverness, na Escócia de 1945 e, acidentalmente, acaba voltando 200 anos no tempo.

Eu pessoalmente sou uma grande fã de ficções históricas, e exatamente por isso eu costumo de decepcionar com a maioria… Às vezes porque os fatos reais não condizem com a história, às vezes porque a produção deixa a desejar. Isso definitivamente não aconteceu com Outlander, que tem a pesquisa e a produção igualmente cuidadosas. O roteiro também é bom e você se apaixona pelos personagens e pelas relações que eles constroem ao longo da série, então vale muito a pena assistir.

Minha última indicação de série pra ver nessas férias é a comédia da HBO, Insecure, estrelando Issa Rae e baseada parcialmente na sua websérie The Mis-Adventures of Awkward Black Girl. Ao contrário das minhas duas outras indicações, Insecure é uma série contemporânea, e acompanha a vida de Issa e seus conflitos profissionais, pessoais e amorosos.

Insecure é uma série absurdamente divertida e com um senso de humor sagaz e inteligente, é muito boa mesmo. Escrita e estrelada pela própria Issa, é também super original e digna de muita atenção. Então se você curte uma boa comédia com um quê de existencialismo, Insecure é a série certa pra você.