Olá, pessoal!

Esse post é dedicado, principalmente, as cacheadas e crespas que sonham em ter uma franja para chamar de sua, mas toda vez que vão ao salão ouvem um: ‘impossível, franja e cabelo encaracolado não combinam’.

Depois de completar a transição, quis fazer mil e uma coisas no cabelo, porém sempre deixava os planos de lado por conta desse tipo de comentário. A saúde dos fios está sempre em primeiro lugar (óbvio), mas impor um limite aos desejos de alguém pelo simples fato da pessoa ser o que é me parece uma justificativa muito vazia.

Eu validei esses argumentos/opiniões até, finalmente, entender que tenho a liberdade para lidar com meu cabelo da forma que me fizer mais feliz. Afinal, hoje em dia, o que é beleza? Pra que servem tantas regras?

Faz cerca de 3 semanas que cortei minha franja e me vi (re) florescer com ela. Era algo que queria há tanto tempo e sentia que estava mais do que na hora de tomar a coragem, procurar um profissional bacana e me jogar nas mais diferentes formas de ver/ter meu cabelo.

Pensando nisso, separei algumas ideias de franjas das quais me inspiraram e que possam motivar outras mulheres a redescobrirem seus cabelos encaracolados.

 

Espero muito que tenham gostado e não esqueçam de compartilhar tudo com a gente nas redes sociais usando a tag #blogcariocando.

Who run the world?

Curls! 

 

Até!