Eu conheço muitas mulheres fod@s pra caralho. Assim, muito mulherão mesmo. Inteligentes, divertidas, charmosas, poderosíssimas. Agora, um assunto em comum tem perturbado essas maravilhosas. E sim homens, to falando de vocês.

É quase uma questão geral para mulheres heterossexuais a falta de tato masculina. Então assim, garotada, senta aqui, vamos conversar. Tá tudo bem? Tá acontecendo alguma coisa? Porque olha, eu não to entendendo o descaso de vocês com o sentimento alheio.

Primeiro: que medo é esse que cês tem de mulheres que demonstram interesse? A moça chama o mocinho pra sair e ele imagina ela segurando uma aliança. Gente, interesse não é igual a compromisso não, vamos com calma. “Eu quero te ver” não é “eu te amo”, abaixa a bola. A maioria das mulheres só quer um encontro legal, uma conversa gostosa, cerveja gelada e se pá um sexo bem delicia.

Mas, vamos supor que ela queira sim um relacionamento mais “sério”, e você sabe disso porque ela te disse com todas as letras. Gente, o que que tem de mais? Namoro não é prisão não. Relacionamento sério não precisa ser chato. Pode (e deve), ser uma delícia. Duas pessoas na mesma página, correspondendo sentimentos e partilhando companhia, sem as inseguranças do flerte. Gostoso pra caramba, não?

Agora, ok, você não tem interesse, tudo bem. É certo que ninguém precisa corresponder ao sentimento de ninguém. E eu sei que rejeitar uma pessoa é sempre chato. Mas existem formas e formas de fazer isso, né? Precisa ser recíproco sempre? Precisa não. As vezes é até bom, rejeição ensina pra caramba. Mas você tem que tratar direito, SIM. Muitas falas machucam não pelo conteúdo, mas pela forma que elas são feitas. A gente deve sempre ser (ou tentar ser) delicado com o sentimento alheio. Pensa que podia ser ao contrário. Aquela historia que mamãe ensinava de “não faça com o outro o que você não gostaria que fizessem com você” ta valendo!

Ei, você, que acha que esse texto não é pra você, porque o senhor tava super afim da mina, foi gentil, mas ela fez pouco caso, e agora cê usa isso pra destratar geral. Migo, pera lá né? Da mesma forma que cês tem o direito de não ter interesse, a gente tem também. Tá insistindo muito, chamando pra sair todo final de semana, e ela negando, queridinho, let it go. Se ela estivesse disposta vocês já teriam saído, ou ela teria pelo menos demonstrado vontade de te ver, mas comentado que tá enrolada. Não é o caso? Deixa a mina em paz e passa pra próxima.

Dá pra resumir o textão com: Machos, melhorem. Mas a gente aqui tem paciência e tenta ser didática. Como muitas coisas ficam mal entendidas, vou deixar bem claro que o propósito desse texto não é atacar vocês, homens. É pra vocês repensarem suas ações, analisar pra ver se no meio do caminho vocês não machucaram alguém sem nenhuma necessidade, e ter cuidado pra não repetir a dose. Não da pra ter tanta mina incrível se queixando se todos vocês fazem tudo certinho. Vamos refletir, que tal? Isso é pro bem de vocês também, afinal, se organizar direitinho, todo mundo beija.