Eu sou uma eterna apaixonada. Apaixonada pela vida e por tudo que ela me proporciona. Apaixonada pelos momentos, beijos e abraços. Apaixonada pelos sorrisos e olhares correspondidos. Apaixonada pelo frio na barriga e pelas mãos suadas. Apaixonada pela timidez do primeiro encontro e pelo charme que só ela tem. Apaixonada pela intimidade e por toda a liberdade entre aquelas quatro paredes. Apaixonada pelo cair da roupa no chão e pelas costas arranhadas. Apaixonada pelos gritos e gemidos que congelam o momento. Apaixonada por tudo que envolve amar alguém de verdade.

Quando eu era mais nova, eu escrevi um texto que dizia que mãos entrelaçadas valiam muito mais que anéis e alianças, e ó, isso ainda é uma verdade pra mim. Tempo diz tão pouco, perto da intensidade, não é mesmo? Eu sou intensa nos amores, nas amizades e nos sonhos.

Por mais amores reais e intensos. Por mais verdades. Por mais sorrisos avulsos e correspondidos. Por mais liberdade no amor e no amar.

Que a gente nunca canse de amar e de acreditar nesse sentimento tão puro e maravilhoso. Que a gente ame amar esse amor tão nosso, que as palavras fogem ao tentar explicar.

Por mim, para o amor.