Oi, amores!

Meus próximos posts serão sobre os destinos que visitei na minha eurotrip, e hoje vou falar sobre o lugar que ganhou meu coração nesses 15 dias de verão europeu, Barcelona! Não cabe em mim o tanto de saudade que eu tenho desse lugar. Barcelona é ligada no 220v. As opções de coisas pra fazer e lugares pra ver não acabam nunca! Tanto pra quem curte passeios mais culturais, com a arquitetura bizarra da cidade e os mil museus, programas ao ar livre nos parques de tirar o fôlego ou nights loucas, lá é o lugar certo! Ah, e tudo acaba em praia claro. Barcelona tem um estilo de vida meio despreocupado, vibes Rio de Janeiro europeu, talvez seja por isso que eu tenha me apaixonado tanto pela cidade.

travel

A capital catalã foi meu primeiro destino e passei 5 dias incríveis em um Hostel. Dividi quarto com duas americanas, conheci gente de toda Europa, além de canadenses, americanos, australianos e até africanos. Andei muito, me perdi algumas vezes, engordei vários quilos comendo paella e tapas, fui pra boates e bares todos os dias, ufa! É tanta coisa pra falar que não cabe em um post só. Então aí vai um resuminho das minhas melhores dicas, pra vocês ficarem com vontade de pegar o próximo avião pra BCN.

O Hostel: Foi a primeira vez que fiquei em um hostel e tive uma das melhores experiências da vida. O escolhido foi o Sant Jordi Sagrada Familia, inspirado em skate e arte de rua ele é super moderninho e cool. A localização é boa, fácil pra pegar ônibus e fica perto de 2 estações de metrô, além disso da pra ir andando pra Sagrada Família, uma das atrações mais famosas da cidade. Sant Jordi na verdade é uma rede de albergues espalhados pela cidade. Indico muito e fiquei com vontade de voltar pra conhecer os outros. Lá eles também oferecem várias facilidades como café da manhã a 3 euros e jantares temáticos que variam de 5 a 8 euros. A melhor parte pra mim, que  tanto amo sair, é que toda noite o hostel, através de funcionários contratados justamente pra isso, nos levava pra alguma das boates de Barcelona de graça, sempre parando em um bar antes para encontrar com o pessoal dos outros hostels da rede e fazer a famosa “pré”. Posso dizer que fui muito feliz lá, toda a atmosfera do lugar proporcionou o clima perfeito pra cinco dias muito intensos, conhecendo todo tipo de gente e tendo experiências que vou levar pra vida.

Meus lugares favoritos:

  • A Plaça da Catalunya fica no coração da cidade e é provavelmente o primeiro lugar que você verá em Barcelona, isso porque é o ponto final dos ônibus vindos do aeroporto. É um ponto de encontro mais moderno e comercial, ótimo pra fazer as comprinhas da viagem. Foi também o último lugar que passei antes de me despedir da capital catalã, vale ressaltar que o final da tarde deixa a praça com uma iluminação linda e especial.
  • No dia que cheguei a Barcelona, depois de passar no hostel, fui direto conhecer o Bairro Gótico. É a parte mais antiga da cidade, lá você encontra muitos monumentos e pontos turísticos históricos, como a Catedral de Barcelona. O mais legal é se perder nas ruazinhas com ar medieval e ir descobrindo cada cantinho por conta própria.
  • Pertinho das ruas medievais do Bairro Gótico fica a Las Ramblas, uma avenida com inúmeros restaurantes, lojas e lotada de turistas. Lá fica também o Mercado de La Boquería, onde é possível encontrar todo tipo de comida (até coxinha), bom pra almoçar algo típico da culinária catalã gastando pouco.
  • Entre os diversos parques da cidade o que mais gostei de visitar foi o Parc de Montjuic. Primeiro porque pra chegar até o topo você pode pegar um teleférico que da pra ver a cidade t-o-d-a, a vista é absurda. Segundo porque o parque em si é lindo, super tranquilo e não fica lotado de turistas. Se pretender descer o parque a pé, vá preparado pra andar bastante e leve uma água com você, lá quase não tem lugar pra comprar nada.
  • As obras modernistas de Gaudi são importantes pontos turísticos de Barcelona, principalmente pra quem curte arquitetura.
  • Barceloneta é a praia principal da cidade, na orla você vê muita gente passeando, restaurantes e barzinhos que oferecem tapas e promoções de sangria, além das baladas mais famosas de Barcelona. A praia em si não é nada demais comparada ao que temos aqui, mas a atmosfera do lugar vale a visita. Recomendo ficar em algum lugar em frente ou próximo a boate Opium, é o point mais animado, onde os jovens costumam ficar.

 

Considerações finais e outras dicas:

-Para ir e voltar do Aeroporto de El Prat pegue o aerobus que para na Plaça da Catalunya. A viagem custa 5,90 euros, que podem ser pagos diretamente ao motorista.

-Muitos blogs disponibilizam roteiros prontos para 4 ou 5 dias, ajuda muito na hora de organizar o que fazer e otimizar seu tempo.

-Tapas são pratinhos de aperitivos clássicos da culinária espanhola encontrados em bares e restaurantes. Não deixe de provar as batatas bravas e as croquetas de jámon. O restaurante Tapaç24, na Plaça da Catalunya, é um dos melhores bares de tapas da cidade e vale muito a pena.

-É fácil andar por Barcelona, dá pra fazer muita coisa a pé e as linhas de metrô e ônibus não são nada complexas. Quando chegar compre um passe T-10 em qualquer estação de metrô, com ele você tem direito a 10 viagens, seja usando metrô, ônibus ou funicular e ainda tem um período de 75 minutos pra reutiliza-lo sem ser cobrado nenhuma viagem a mais.

Resultado de imagem para barcelona

O próximo post é especial sobre a noite de Barcelona, espero que curtam! Ah, durante a viagem rolou aquele overposting no meu insta haha. Quem quiser ver as fotos dá uma olhadinha lá @larissaglima ;)