Como sabemos, a moda é cíclica, e ela voltou lá para os anos 80 e 90, para aquela moda além de uma simples tendência, com um peso a mais, como uma ferramenta de mudança e militância.

O documentário Fresh Dressed  fala sobre a evolução da moda no universo do hip hop, e te faz querer saber mais e mais do assunto (sim, além do que o próprio já oferece).

640_fresh_dressed

Naquela época, tudo relacionado a cultura do hip hop era de grande relevância aos olhares da sociedade. Todos que estavam inseridos nessa cena vestiam o que queriam e mostravam que podiam vestir também o que a classe mais rica vestia, trazendo uma cara nova e uma pegada única.

25320_001_0001+-+Image+Courtesy+of+CNN+FilmsMass+Appeal+(2)

Em 1982, um cara muito inteligente abriu a Dapper Dan’s Boutique e comprava tecidos LV e de outras grifes para customizar jaquetas e acessórios, mas com um olhar diferente, como algo das ruas. Isso causava o desejo na maioria das pessoas – afinal, vestir uma jaqueta LV de couro e largona era totalmente cool -, não é mesmo? E foi assim, adaptando e readaptando as peças, que o estilo da rua foi tomando forma.

O mais curioso era que, dependendo do lugar, o cadarço era colocado de uma forma diferente. O tipo de boné, o óculos ou qualquer outra coisa da composição diziam de qual bairro a pessoa veio.

3505466315_898ffa7d47_b

Um cara da Califórnia – percebendo tudo isso que estava acontecendo – pensou: “por que não fazer uma marca em que as roupas já estivessem prontas, que não precisassem de customização?”, e foi aí que a Cross Colors surgiu COM O PÉ NA PORTA!

A receptividade foi absurda (mesmo).

Inclusive, eles tinham calças que serviam na cintura, mas eram suficientemente largas nas pernas, coloridas de forma única e isso foi, de fato, uma inovação irada.

Na mesma época, nasceu também a FUBU (um acrônimo de For Us By Us). A marca surgiu através de cinco amigos que, em uma casa no Queens, confeccionavam seus próprios bonés. Era assim: dos negros para os negros. Nasceram para competir com marcas maiores como a Nike, que já era sensação entre os jovens de NY.

799c7e6aa5ec1928d83701cb06052dee

E é claro que pegando o bonde do streetstyle já nascido, crescido e criado outras marcas surgiram, agregando o cenário.

Seria mera coincidência a cena da moda atual estar tão parecida com aquela de anos atrás? Não estamos falando de tendências, e sim de comportamento!

Tem algo a compartilhar? Deixe sua opinião aqui nos comentários!