Então, todos já sabem da minha paixão por Grey’s Anatomy e, pesquisando mais sobre a série, conheci a Shonda Rhimes. Ela é quem escreve e dirige (e quase me mata do coração a cada episódio).

Tá, The, e o que isso tem a ver? Tem a ver que ela também é autora de outras séries como How To Get Away With Murder (HTGAWM). E é assim que eu lhes apresento meu outro vício!

Então, como vocês podem ver, essa negra maravilhosa chama-se Annalise Keating (Viola Davis) e tudo gira em torno dela, ela é professora de direito e a aula dela é super disputada. Uma nova turma se inicia e Annalise é conhecida por selecionar sempre 5 alunos pra serem seus “estagiários” durante o semestre, e a cada conquista que o estagiário tem, ele fica com o “troféu” – símbolo super famoso da série -, fazendo com que eles ~briguem~ entre si pra conseguir ser o melhor.

Eis que a história começa!

Vamos começar apresentando os 5 estudantes:

  • Laurel, típica jovem idealista e perfeitinha, que entrou na faculdade querendo defender aqueles que não possuem condições de pagar uma boa defesa.

  • Asher, o riquinho famoso da high school, que faz piada sem graça, mas que é todo bobo e carente.
  • Michaela, a que mais deseja impressionar Annalise. Super ambiciosa, é sempre a primeira a levantar a mão para responder uma pergunta e está sempre pronta para resolver algum problema que vá impressionar todo mundo.
  • Connor, definitivamente uma das pessoas mais inteligentes e sensatas da série. Ele usa o seu charme muitas vezes pra conseguir algo (e que charme, não?).
  • Wes (my fav one), idealista, mas já aprendeu os segredos sórdidos que rodeiam o sistema de justiça criminal. Além disso, ele já possui certos conhecimentos sobre os segredos de Annelise, como também, ela possui dele.

Tem mais outros personagens (like Sam, Bonnie e Rebecca), mas vou deixar pra vocês conhecerem quando assistirem à série. Vou só apresentar mais um, que é o braço direito da Anne e vale muito a pena vocês conhecerem:

Apelei, né? Desculpa, mas precisei. Esse é o Frank e ele dispensa apresentação.

Saindo das apresentações e voltando ao seriado, preciso dizer que ele não é mais um seriado que fala sobre direito e tribunal. Óbvio, ele engloba isso, até porque a série surge daí, buuuut, o bom de HTGAWM é que ela consegue dissolver bastante cada personagem e abordar assuntos variados (inclusive a homossexualidade – Connor é gay). E, sim – Shonda sendo Shonda – sabe muito bem (mesmo) prender o telespectador, e a cada episódio você fica MAS QUE QUE É ISSO BRASEL, O QUE TÁ ACONTECENDO????? E você se isola do mundo, só conseguindo parar de assistir quando não tem o próximo episódio. Cuidado, é totalmente viciante!

Eu, particularmente, amo séries assim. Daquelas que você não sabe o que vai acontecer, o que esperar, se você deve ou não confiar no personagem (eu sou o tipo de pessoa que se imagina amiga deles, licença). Em HTGAWM, a cada episódio as histórias vão se entrelaçando mais e mais, a Anne se vê cada vez mais encurralada e seus “filhos” estão cada vez mais reféns de suas loucuras. Ela é o tipo de mulher que tem tudo pra ser vilã e você odiá-la, mas de algum jeito ela faz com que você a ame e torça por ela.

Essa foi uma das melhores cenas do seriado. Anne sempre se mostra uma mulher forte e segura mas, quando ela começa a remover a maquiagem, ela mostra o seu lado frágil e sensível que toda mulher tem.

Enfim, acho que já deu pra notar que essa série é SENSACIONAL. É cada caso maluco que aparece pra eles resolverem, que só você vendo. Assiste aí que eu nunca te pedi nada!

Curiosidades da série:

1. A atriz que interpreta a Anne, Viola Davis, foi a primeira mulher negra a ganhar o Emmy de Melhor Atriz (e foi através da série, uhu). Ela fez um discurso emocionante e que vale a pena dar um Google.

2. O Wes, como vocês sabem, é meu personagem favorito da série. Pesquisando sobre ele, eu percebi que ele não era um rostinho estranho. Sim, ele foi o Dean Thomas em Harry Potter e ele tem sangue brasileiro na veia! Sua mãe é do Brasil e ele chegou a morar em Salvador por alguns anos. Cata essa entrevista fofa que ele deu sobre isso (EM PORTUGUÊS ❤).

Espero que tenham gostado.

É noix, beijocas.